domingo, 25 de setembro de 2016

PESSOAS ESTÃO SENDO TRATADAS COMO BENS DE CONSUMO.






É um mundo de incertezas, cada um por si.

Temos relacionamentos instáveis, pois as relações humanas estão cada vez mais flexíveis. Acostumados com o mundo virtual e com a facilidade de “desconectar-se”, as pessoas não conseguem manter um relacionamento de longo prazo.
É um amor criado pela sociedade atual (modernidade líquida) para tirar-lhes a responsabilidade de relacionamentos sérios e duradouros.
Pessoas estão sendo tratadas como bens de consumo, ou seja, caso haja defeito descarta-se - ou até mesmo troca-se por "versões mais atualizadas".
Zygmunt Bauman é um sociólogo polonês.

Lendo sobre este assunto, estou na época errada, pois eu ainda acredito nas relações duradouras e prazerosas. Não consigo trocar pessoas, como se troca uma roupa do qual não serviu, não consigo pensar que aquele outro que não deixa de ser eu mesma, possa ser algo descartável.
Hoje eu observo muitas pessoas interesseiras, que são capazes de usar você para benefício próprio, são capazes de apelar, de prometer céus até conseguir o que quer, depois vão buscar em versões atualizadas como diz Zygmunt Bauman.
Mesmo com essa modernidade eu tenho analisado que no fim da história todos buscam algo que traz paz, segurança e prazer.
Talvez essa busca incansável, uma hora desperta um desejo de querer algo duradouro, em minha opinião o que falta é qualidade nas relações, o vazio de ideias, de afeto, de comunicação nos traz um cansaço que muitas vezes dá vontade de desistir. SÓ QUE NÃO!
Desistir das relações é como viver morto estando vivo, toda relação nos traz aprendizado seja ruim ou bom, buscar relações duradoras nos traz cura.
Mônica de Paula Silva


sábado, 24 de setembro de 2016

DESAMPARO.




Ao chegar nesta tal cidade, observei que as ruas estavam escuras e muitos buracos, as lixeiras cheias e os sacos de lixos derrubados pelo chão e sendo vasculhados por muitos cachorros abandonados também, pelos seus donos ou por uma administração pública incompetentes do qual eu não sei afirmar.
Administração pública seria falar mal do profissional ou político?  
Acredito que o pessoal seria correto por ser um cargo público.
O que seria política pública?
Políticas públicas são conjuntos de programas, ações e atividades desenvolvidas pelo Estado diretamente ou indiretamente, com a participação de entes públicos ou privados, que visam assegurar determinado direito de cidadania, de forma difusa ou para determinado seguimento social, cultural, étnico ou econômico. As políticas públicas correspondem a direitos assegurados constitucionalmente ou que se afirmam graças ao reconhecimento por parte da sociedade e/ou pelos poderes públicos enquanto novos direitos das pessoas, comunidades, coisas ou outros bens materiais ou imateriais.
Amanheceu e logo me deparei com escolas recebendo seus alunos, crianças com uniformes limpos, outros com uniformes sujos, tênis surrados e velhos com suas mães no portão da escola, com olhares de que há esperanças e futuros para seus filhos, outras somente por obrigação querendo se livrar deles.
Até que a estruturas das escolas são boas, comparando as escolas de outros lugares do pais do qual nem cadeira tem para sentar.
São escolas com estruturas boas, porém sem pinturas, vidros quebrados, mofadas e respingando o descaso da ruindade política.
Meu DEUS!!! Bateu o sinal, a melhor hora daqueles que não tem o que comer e logo vem o desapontamento de algumas crianças ao depararem com bolacha agua e sal e suco.
Acabou a merenda tia? Sim, acabou!
Vamos brincar no pátio e todos foram correr, quando o menino de tênis surrado fala para o seu amiguinho:
Minha professora faltou hoje, está estressada e doente.
O amigo responde:
Minha mãe disse que ela não teve pagamento e acabou ficando muito nervosa e precisou ir ao médico.
E todos voltaram a brincar no pátio do descaso e da maldade humana, dos narcisista, dos psicopatas do qual se encontram na política.
Vamos correr no pátio para alivia a falta de tudo!!!

Mônica de Paula Silva


quinta-feira, 8 de setembro de 2016

PENSAMENTOS SUICIDAS !




"Indivíduos suicidas tendem a vir de famílias com história de comportamento suicida, ou de transtornos de humor e de uso de substâncias. Famílias com conflitos constantes, divórcio, separação, contenda legal entre os pais, ausência do pai do ambiente familiar e abuso, físico ou sexual têm sido associados a um aumento de risco de suicídio."

NÓS APOIAMOS A CAMPANHA SETEMBRO AMARELO. 'SETEMBRO AMARELO MÊS DA PREVENÇÃO AO SUICÍDIO'.


No ano de 2013 eu postei o texto acima, pode parecer brincadeira, até hoje eu recebo comentários sobre o assunto, separei alguns.
CONFIRA!


Já pensei em matar-me. E sei que um dia vou fazê-lo de verdade. Nunca tentei porque sei que vai chegar o momento... e aí termino.Só quero deixar a minha esposa tranquila e com capacidade de viver com independência. É tudo muito confuso...mas sei que será o melhor – 16 de Janeiro de 2013.


Não é com esse argumento de ver pessoas doentes em hospitais que mudará a maneira de pensar de alguém que tem o perfil suicida, essas pessoas têm uma lacuna no seu desenvolvimento que se não puder ser suprida precisa ser tratada. Considerando os fatores EU, FAMÍLIA e SOCIEDADE analisa-se que cada um vê o problema de um jeito e de um tamanho, e o que é algo solucionável para um não é para o outro. Estude o assunto, entenda, respeite, faça algo, mas não critique! 22 de abril de 2014.

Monica, não tem a ver isso que você escreveu. Eu digo isso porque já tentei me matar. O que leva a isso é uma falta de esperança na vida, ´é não ter felicidade. É uma dor no fundo da alma. Nada mais importa NADA…Se o outro é feliz, se o outro é forte, se o outro sofre, se o outro tem menos ou mais, enfim, nada disso importa. A gente perde essa capacidade de ver o outro... 13 de fevereiro de 2013.

Bom já pensei muitas vezes em me mata, acontece alguma coisa que me deixa mal me vem essa vontade. Minha vida é um inferno, só rejeitada por todos, nunca fui preferida, esquecida jogada em um conto como se não tivesse importância. Sempre quis alguém para desabafa fala o que estou sentindo, mais nunca tem ninguém pra me escuta. Confesso que um dia ainda acabo tirando minha vida, porque já não estou aguentando mais essa vida, E a única solução e me mata, tira minha vida. Ah mais para que vai fazer isso com você? Simplesmente porque chega uma hora que cansa e vc não tem mais força para continua porque tudo te faz infeliz e sempre a sociedade vai te julgar. Amigos? Nem sei o que é isso, na minha vida não existe felicidade. Todo mundo vai te odiar mesmo você sendo do jeito que elas querem, pq vc tenta muda mais vc nunca vai ser perfeito porque que eles exigem demais de vc. Pessoas solitárias tem pensamentos suicidas. Quando sua vida ta uma porcaria, uma merda, depressiva, sem ânimo, solitária, sorrisos falsos, quando vc é inútil, esquecida, abandonada. Única coisa que vc pensa é se mata e mais nada. Quando uma pessoa que vc ama vai embora e te deixa, ela leva que leva metade do seu coração e leva metade de sua vida. Ai num da para ser forte o tempo todo.

22 de Novembro de 2013.
Mônica de Paula Silva

domingo, 4 de setembro de 2016

A PARANÓIA OU DESCONFIANÇA.

 As vezes paramos para pensar e tentamos buscar respostas porque somos desconfiados? E que muitas vezes não há necessidades de sofrer por achar que algo está acontecendo, em minha opinião a paranoia está ligada ao ciúme, basta sentir ciúmes e lá vem diversos pensamentos destrutivos em relação a situação.
 Começamos a imaginar, criar história, deduzir e acreditar sempre no pior.
 Dentro desse sofrimento psíquico gastamos uma energia imensa, ao ponto de se sentir exausto, acreditamos fielmente em nossas paranoias, em seguida vem o choro, ansiedade, tristeza, grito e fala compulsiva sobre o assunto que simplesmente é fruto da nossa imaginação.
  Você pensa: Porque fulano não responde meu whatzap? Porque não curtiu as minhas fotos no facebook ou porque não me cumprimentou na rua, pois bem! As vezes as pessoas não têm condições de responder naquele momento, já parou para pensar?  Claro que não, o paranoico não pensa.
         Essas mesmas pessoas têm problemas, mas não queremos saber, a paranoia não deixa você compreender o outro, seja amigo, namorado, marido, chefe ou quaisquer pessoas do convívio social.
O paranoico acha que tudo ao seu redor gira em torno de si, desconfia de tudo de todos, normalmente não tem autoconfiança, acham que todos estão falando mal dele, e normalmente tem dificuldade na vida social.
O que eu quero dizer nesse texto que muitas vezes só enxergamos um lado ruim e não conseguimos raciocinar e ver o lado bom, a maldita paranoia não deixar você enxergar o lado bom de qualquer situação.
Parar um pouco de pensar no pior e tentar lembrar que não controlamos nada, e que muitas vezes as pessoas não estão preocupadas em nos passar a perna, e que tudo nessa vida tem dois lados, nos ajuda muito.
Pensar no lado negativo sem dar oportunidade para pensar no positivo é aceitar o sofrimento da paranoia calado.
Paranoia, ciúmes nos causa muito mal, tentar pensar nos dois lados sem ansiedade e principalmente nos colocar no lugar do outro, nos ajuda sofrer menos, treinar a mente com pensamentos bons até conseguir vencer a paranoia.
Mônica de Paula Silva




    

domingo, 28 de agosto de 2016

FALAR MAL DO OUTRO TE AJUDA SER MELHOR?


Ultimamente eu tenho pensando sobre esse assunto, vivemos em tempo difíceis onde o estresse tomou conta da nossa alma em vários momentos e por esse motivo não conseguimos definir situações difíceis ou situações fáceis do nosso cotidiano e acabamos não entendendo o que está acontecendo e saímos atropelando as pessoas, falando mal de todos e de tudo.
Por não entender as dificuldades desse outro, esquecemos que estamos nesse barco chamado mundo e que as dificuldades são parecidas, porém sentidas de forma diferente.

Carl Jung diz que: O melhor trabalho político, social e espiritual que podemos fazer é parar de projetar nossas sombras nos outros.

Ficamos nervosos com a lerdeza do outro, como se fossemos rápidos no raciocínio lógico ou por saber um pouquinho, sentimos no dever de humilhar, como se essa pessoa tivesse obrigação de saber o que você supostamente sabe.
Muitas vezes você não sabe de nada, ao não ser repetir o que outro disse em algum momento da sua vida, copiando e não tendo nenhuma reflexão feita por você.
Falamos da roupa do outro, falamos da beleza do outro como se existisse um padrão de beleza estabelecido do mundo, SÓ QUE NÃO!
O que é feio para você é lindo para outro e graças a DEUS por isso, quando não temos nada a dizer, começamos a apelar, falando mal de tudo, do lugar, das pessoas e tudo aquilo que nos irrita, sem parar para pensar que a infelicidade é nossa e não das pessoas do qual muitas vezes tentamos humilhar.
Sentimos alivio em destruir a imagem do fulano que tanto parece com a nossa. Mônica de Paula Silva
Eu acredito que em algum momento, sentimos uma tristeza e uma frustração enorme por acreditar que falar mal das pessoas vai aliviar nossos defeitos, esses do qual queremos muitos esconder dos outros.
Antes de falar mal de qualquer pessoa, vai no espelho na sua casa e veja realmente se você é tudo isso, caso não seja, comece a se colocar no lugar de qualquer pessoa e para de falar o que não deve, não temos o direito de julgar a diversidade que existe nesse mundo, isso não é minha função e nem  sua.
Mônica de Paula Silva




.

domingo, 21 de agosto de 2016

O PODER MUDA AS PESSOAS.


O psicanalista J. Lacan, observou que a partir do momento em que alguém se vê "rei", ele muda sua personalidade. Um cidadão qualquer quando sobe ao poder, altera seu psiquismo. Seu olhar sobre os outros será diferente; admita ou não ele olhará "de cima" os seus "governados", os "comandados", os "coordenados", enfim, os demais.
Estar no poder, diz Lacan, "dá um sentido interiormente diferente às suas paixões, aos seus desígnios, à sua estupidez mesmo". Pelo simples fato de agora ser "rei", tudo deverá girar em função do que representa a realeza. Também os "comandados" são levados pelas circunstâncias a vê-lo como o "rei do pedaço".
Concordo com Lacan, realmente as pessoas mudam quando estão no poder, lembro me dê um certo homem que quando assumiu o cargo político, não demorou muito tempo para achar que realmente estava acima do bem e do mal.
Interessante foi ter lido em um artigo onde La Boétie parecia indignado em perceber o quanto o lugar simbólico de poder faz o populacho se oferecer a uma certa servidão voluntária, realmente não tem nada pior que presenciar certas pessoas ficarem prostradas em relação ao rei louco, lembrando que  o poder faz fronteira com a loucura, ao ponto de tolerar as humilhações desse tal rei que chegou no poder e se tornou um estupido.
O poder torna as pessoas estúpidas e muito poder, torna-as estupidíssimas. R.KURZ
Conforme o site: http://www.dicio.com.br/estupido/ ESTUPIDO significa desprovido de inteligência; que expressa estupidez, ignorância: tarefa estúpida; sujeito estúpido; opinião estúpida. Aborrecido; que provoca tédio: filme estúpido. Excessivo; em que há excesso: calor estúpido! s.m.Algo ou alguém que expressa estupidez, falta de inteligência: sempre foi um estúpido.Grosseiro; que se comporta de modo rude e indelicado. [Gramática] Forma aumentativa: estupidarrão. (Etm. Do latim: stupidus.a.um),
Eles quando estão no poder são capazes de tudo, se esforçam para manter uma falsa humildade, mais infelizmente os gestos e o tom de voz não permitem enganar por muito tempo, uma vez no poder eles precisam de mascaras para enganar a si e aos outros, com o tempo isso pode tornar uma patologia psíquica, conforme especialistas.
Não é fácil tolerar essas pessoas, o tom de voz dessas pessoas em minha opinião é a pior, pois ali se mostra tudo, até a incompetência de não conseguir fingir por muito tempo, como são desprovidos de inteligência essa mania idiota de querer ser inteligente cansa qualquer filho de DEUS.


Mônica de Paula Silva