quarta-feira, 2 de agosto de 2017

MULHER EXPERIENTE.

Resultado de imagem para mulheres experiente desenho
A mulher se reconhece experiente quando ela arruma o quarto para Ela, e não "para alguém"; Quando ela se prepara para Ela todos os dias, e não um dia "para alguém"; Quando ela compra algo que a satisfação dependa só dela e não "de alguém"; Quando ela deseja surpreender-se e não surpreender "alguém"; Quando ela se prioriza e não espera ser priorizada "por alguém "; Quando ela reconhece que por mais inteligente e brilhante "alguém" seja, não era essas qualidades as fundamentais para "alguém" lhe conhecer profundamente e descobrir que metade dessa mulher é amor e a outra metade é desejo, e como todo desejo precisa ser saciado; todo tipo de amor valorizado e respeitado. 
Reconhecer-se uma mulher experiente é saber que o ditado "água mole em pedra dura tanto bate até que fura" é perder tempo demais nesta vida, é correr o risco de nadar, nadar e morrer na praia!
Enfim, ser experiente é dar o que tem de bom para quem deseja receber e devolver. É viver e ser feliz, mas feliz com ela mesma, e depois, com quem quiser fazer parte.
 Escrito por : RITA ACEIRO

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Nada mais satisfatório do que encontrar alguém que te faça se sentir melhor.

Resultado de imagem para gente de bem com a vida

Não existe nada mais prazeroso do que conhecer alguém que nos traz uma sensação de que vale a pena encontrar novamente, pessoas com aquela energia que você não sabe explicar, mas sabe sentir.
São pessoas com astral leve, tranquilo que independente do seu sofrimento, das rasteiras que a vida dá, suas decepções sabem conversar de forma agradável, não descarregando o seu sofrimento e desilusões nas pessoas que encontram pela estrada da vida, seus assuntos são interessantes e suas histórias são aquelas que faz sua imaginação criar asas.
São capazes de fazer você reviver um passado do qual você não participou, mas te faz sentir um sentimento bom, do qual você não sabe verbalizar.
Não sabemos explicar, porém em algum momento te fez sentir que esteve lá, através de suas histórias. 
Essas pessoas conseguem resgatar da nossa memória lembranças maravilhosas, trazendo esperanças e sorrisos.
Nesses encontros os assuntos não têm fim e as trocas de experiências, as tristezas e alegrias começam a fazer parte de um longo diálogo prazeroso.
Mesmo os assuntos mais melancólicos se tornam divertidos na boca dessas pessoas, elas fazem você lembrar do teu pai, dos seus avós e da tua infância.
Nada melhor do que sentir aquele olhar que te desperta algo interessante, não somente no olhar mais nas ações e nos gestos.
Lembro-me de uma amiga que cada vez que encontrava alguém conhecido ou desconhecido ela tratava muito bem, ela era simplesmente um poço de amor e atenção, não tinha como não querer ficar perto de alguém que o tempo toda era carinhosa, até mesmo com os infortúnios que apareciam.
Observando esse comportamento, percebi o quanto as pessoas ficam sem rumo ao serem bem tratadas, eu não estou falando de pessoas interesseiras, que basta saber o que você tem (dinheiro) se mostra educada e amável, infelizmente essas pessoas interesseiras não contribuem nada a ninguém só deixando aquela vontade imensa de não querer encontrar nunca mais na vida.
Estou falando de pessoas humildes, simples, educadas e com uma conversa leve e tranquila que transmite conhecimento sem querer ser melhor do que ninguém e que tem interesse de aprender a cada dia, seja com quem for.
Deixar as pessoas melhor do que você encontrou é um dom de Deus  é uma sensação inexplicável. 

Mônica de Paula Silva


quarta-feira, 19 de julho de 2017

ARROGANTES DEMAIS EM SUAS ILUSÕES!

Resultado de imagem para pessoas arrogantes

Difícil mesmo é lidar com pessoas que o tempo todo querem 
ser melhores, diferentes, arrogantes, inconformado com a própria vida e que se esforçam claramente para se mostrar gentis, amáveis e intolerante ao preconceito.
São interesseiros e são capazes de tudo para manter o patamar da soberania, tenho observado muitas contradições nos comportamento de alguns seres humanos perfeitos. (Rsrsrs).
Interessante é que esse tipo de pessoa é obrigado a lidar em sua profissão do qual se tornou um infortúnio desesperador, mas fazer o que? A minha perfeição e a minha arrogância terminam aí, essa é a primeira contradição na vida de muitas pessoas, sou a melhor mas tenho que suportar o meu cliente, meu aluno, meu freguês que me mostra a cada momento de conflito que eu não sou melhor do que eles em nada, porém eu continuo achando que eu estou acima deles, dependo do dinheiro deles, mas sou muito melhor do que eles.
Quando eu tenho consciência do lugar que eu moro, dos profissionais difíceis que eu tenho que lidar, do desemparo de uma sociedade falida, de pessoas morrendo de fome ao meu lado, pedindo dinheiro para comprar um remédio eu início uma reflexão que possa me tornar um ser humano melhor, mas não é o caso dessas pessoas, como dizem alguns especialistas essa doença de se sentir superior é uma doença incurável.
Ultimamente tenho ouvido pessoas o tempo todo querendo ser melhores, desfilando de salto alto em calçadas esburacadas, querendo ostentar com pessoas desempregadas, morando em lugares onde não há saneamento básico, onde o padeiro não tem obrigação nenhuma de ouvir seus chiliques abusivos e sua antipatia para dizer obrigado.
Só porque conseguiu ter um diploma e trabalhou muito, o mundo NÃO tem por obrigação de aceitar  a sua ignorância, a sua arrogância e sua falta de respeito com as pessoas.  
Infelizmente muitas pessoas tem um apego doentio em seus diplomas, em suas profissões, em seus carros do ano, não são capazes de desenvolver uma amizade saudável, não são capazes de se relacionar com ninguém que não seja na base da troca.
Difícil mesmo é tolerar tudo isso, porém fica a dica “Finjam demência com esse tipo de pessoas”.

Mônica de Paula Silva

terça-feira, 18 de julho de 2017

UM OLHAR PARA SI .


Resultado de imagem para mascaras

Podemos considerar que desde que o mundo é mundo existem pessoas em busca de alguém a quem amar, diversos contos de fadas, novelas, filmes e livros que nos mostram que encontrar um verdadeiro amor é necessário e após viveremos o tal " felizes para sempre". Claro, não podemos negar que achamos lindas essas histórias e que muitas delas nos levaram a sonhar com o nosso respectivo " verdadeiro amor". 
Porém, também devemos considerar que nessa busca implica muitas questões e serão delas que trataremos. Somos sujeitos "carentes", que buscamos ser aceitos, amados e pertencentes em algum lugar ou nesse caso a alguém, sendo que é importante que haja alguém quem nos dirija afeto, isso desde que somos bebes Winnicott já estudava sobre os "afetos" da mãe ao bebê, em um verdadeiro interesse em direção ao seu filho para que proporcione um desenvolvimento saudável.
Então o " afeto" é uma necessidade como qualquer outra. Outra questão é na busca de sentir esse afeto, ainda acreditamos que se deve ao encontrar alguém, seja quem for. 
As vezes por queremos tanto ser amados nos sujeitamos a parceiros "infelizes", que não contribuem para nosso desenvolvimento pessoal e muito menos em suprir nossas verdadeiras necessidades afetivas, ficamos aprisionadas a poucas demonstrações de afetos, pequenas mudanças momentâneas que acabam garantindo nossa prisão perpetua ao seu lado. Ou até mesmo galgamos arduamente, que temos vários e vários parceiros, sem foco, buscamos incansavelmente e não encontramos. 
E por que não encontramos? Já pararão para tentar entender por que não está dando certo seu relacionamento ou essa busca sem fim? Talvez, esteja em compreender que o " verdadeiro amor" está no " verdadeiro amor próprio", olhar para si mesmo. Roger (1961), retratou que quando sujeito consegue olhar para si, se torna alguém mais próximo do que deseja ser, possui mais clareza de seus aspectos interiores, será mais auto diretivo e autoconfiante, será mais compreensivo, mais aceitador com relação aos outros, estará mais apto a enfrentar os problemas da vida adequadamente e de forma mais tranquila. 
Assim, quando há reconhecimento de si, estaremos mais aptos a enfrentar nossas questões e saberemos lidar melhor com nossa necessidade de ser amada, conseguiremos entender que ser amada se dá quando nós mesmo nos amamos em primeiro lugar para que o outro seja um complemento. 
O outro não estará na sua frente e sim do seu lado, para te ajudar, pois criar um vínculo com alguém para compartilhar suas alegrias e angustias também é importante e gostoso. 
Não estamos desconsiderando a importância de um relacionamento afetivo, mas sim, considerar que não é saudável precisar ter um relacionamento para ser feliz. Colocar sua felicidade nas mãos do outro, sendo apenas você o responsável por ela.
Por: Larissa Barros de Jesus.
REFERÊNCIAS: CARL,Rogers.Tornar-se Pessoa. São Paulo, Martins Fontes, 1985. SAMPAIO, Vitor F. Reflexões sobre o conhecer si mesmo como acesso ao sentido. Revista NUFEN vol.5 no.1, São Paulo,2013. RAVANELLO, Tiago e MARTINEZ, Marisa de Costa. Sobre o campo amoroso: um estudo do amor na teoria freudiana. Caderno de Psicanálise.-CPRJ, Rio de Janeiro, Jul/dez.
Escrito por : Larissa Barros de Jesus.

domingo, 2 de julho de 2017

MÃES CONTROLADORAS:Causam em seus filhos marcas profundas com o seu jeito de ser.


Resultado de imagem para mae manipuladora psicologia

A relação mãe e filho é complexa porque envolve muitos fatores, porém o objetivo é falar sobre mães controladoras e o quanto elas causam em seus filhos marcas profundas com o seu jeito de ser.
Mas, antes de falar das características das mães controladoras, julgo necessário falar, também, sobre pais separados, daqueles que tentam controlar e manipular os filhos com o objetivo de atacar o outro ex-cônjuge e o quanto isso prejudica a criança.
Em clinica, já atendi diversos casos de pais divorciados nos quais o objetivo maior era ferir o ex-marido ou a ex-mulher. Como já disse, nesse capitulo o quanto um ambiente neurótico e histérico prejudica a formação dessas crianças ao usá-las como “ferramentas” para atingir um objetivo.

Geralmente esses pais não têm noção do perigo, sendo assim eles fazem o que querem, sem respeito algum pela criança. Lembro-me de um caso no qual, ao chegar para avaliação psicopedagógica, a mãe da criança em minutos de conversa, começou a denegrir a imagem do pai, sem pudor, dizendo que o pai não se preocupava com os filhos, tinha várias amantes, gastava todo dinheiro e deixava faltar alimentos em casa, e que eles todos passavam muitas necessidades, enfim... 
TUDO ISSO E MUITO MAIS NO LIVRO:
PESSOAS CONTROLADORAS E O MAL ESTAR DA CONVIVÊNCIA.
VENDAS: https://editoramultifoco.com.br/loja/product/pessoas-controladoras-e-o-mal-estar-da-convivencia/ 
https://editoramultifoco.com.br/loja/carrinho/

AUTORA: MÔNICA DE PAULA SILVA.

terça-feira, 6 de junho de 2017

PROFISSIONAIS CONTROLADORES.

Resultado de imagem para pessoas controladores

É simplesmente perturbador e angustiante trabalhar com pessoas controladoras. Mas, ao mesmo tempo, eles nos ajudam a adquirir paciência e a aprender a como suporta-los, ou ficamos doentes de vez. Em alguns casos, batemos de frente e aí começa o inferno. Eles sempre vão procurar uma forma de se vingar. Caso seja a alguém com o poder na mão, deixam você em uma “geladeira”, tirando tudo de você, para você se sentir incapaz. Mas não caia nessa armadilha: se o controlador perverso não deixa você desenvolver seu potencial, faça o que dá para fazer e vá buscar outras fontes de prazer, contentamento e satisfação pessoal em sua vida, lembrando que tudo é passageiro.

Buscar conhecimentos é umas das estratégias que poderá aliviar esse período. Para o controlador, sua presença e seu sucesso vão fazer com que ele não tenha poder sobre você, afinal você tirou o que ele mais queria ter: sua atenção.
TUDO ISSO VOCÊ ENCONTRARA NO LIVRO:
PESSOAS CONTROLADORAS E O MAL ESTAR DA CONVIVÊNCIA. 
 VENDAS: http://editoramultifoco.com.br/loja/product/pessoas-controladoras-e-o-mal-estar-da-convivencia/
 Autora : Mônica de Paula Silva