quarta-feira, 6 de julho de 2011

PSICOPATAS!!!É muito difícil levar estas pessoas ao médico, pois elas não se percebem doentes, então procure um psiquiatra e converse com ele sobre o que pode ser feito.

rôneo conceito de que um psicopata é somente aquele que mata em série ou a que sempre mata.
Na verdade não é assim, existem diversos subtipos de psicopatas que não chegam a matar ou mesmo a ter comportamentos que identifiquem sua doença facilmente.
O que pretendo aqui

Curiosidades sobre os psicopatas.


Como disse no post Psicopata Brasileiro, Psicopatas são loucos, muito mais do que os criminosos comuns.

Então, como prova disto, você sabia que...


  • O psicopata comete 4 vezes mais crimes violentos que o criminoso comum?
  • 20% da população carcerária é psicopata?
  • e esses 20% são responsáveis por 50% dos delitos graves cometidos por presidiários?
  • A chance de um psicopata matar um estranho é 7 vezes maior que entre os criminosos comuns?
  • Psicopatas com sua capacidade de simular arrependimentos tem 2,5 vezes mais chance de conseguir liberdade condicional?
  • A taxa de reincidência depois de preso é de 70% dos psicopatas?
  • A maioria dos psicopatas tem um QI muito superior a dos criminosos comuns?
  • 86,5% dos Serial Killers são psicopatas?
  • Nem sempre um psicopata é aquele que mata?
  • O empresário de Elvis Presley era um psicopata?
  • O maior golpe da história (65 bilhões de dólares) foi feito por um psicopata?
  • 99,5 % dos psicopatas assistem o Big Brother?




Legal não?
Cuidado.
 é, apenas, mostrar
PSICOPATA DISSIMULAD
PSICOPATA DISSIMULADO
Temos o errôneo conceito de que um psicopata é somente aquele que mata em série ou aquele que sempre mata.
Na verdade não é assim, existem diversos subtipos de psicopatas que não chegam a matar ou mesmo a ter comportamentos que identifiquem sua doença facilmente.
O que pretendo aqui é, apenas, mostrar que podemos estar ao lado de um sem percebermos.
Apenas um MÉDICO, pode diagnosticar este doente e ajudá-lo. A única ajuda que podemos dar é levá-lo ao psiquiatra para que este, com sua competência, possa tratar este paciente, antes que ele faça um estrago maior à sua família e aos que lhe cercam.
Antes de julgar uma pessoa agressiva, impulsiva e dissimulada de "genioso, mal educado, tirano etc" obseve-o para poder ajudá-lo.
O texo que colocarei aqui é do psiquiatra Dr. Ballone:
( http://www.psiqweb.med.br/forense/border2a.html)
O Psicopata Dissimulado:
Seu comportamento se caracteriza por um forte disfarce de amizade e sociabilidade. Apesar dessa agradável aparência, ele oculta falta de confiabilidade, tendências impulsivas e profundo ressentimento e mau humor para com os membros de sua família e pessoas próximas.
Na realidade, didaticamente poderíamos comparar o Psicopata Dissimulado como uma mistura bastante piorada dos transtornos Borderline e Histérico da Personalidade. Isso significa que ele pleiteia um estilo de vida socialmente teatral, com persistente busca de atenção e excitação, permeada por um comportamento muito sedutor.
Por essas características Millon já considerava o Psicopata Dissimulado como uma variante da Personalidade Histriônica, continuamente tentando satisfazer sua forte necessidade de atenção e aprovação. Essas características não estão presentes no Psicopata Carente de Princípios ou no Malévolo, os quais centram em sí mesmo sua preocupação e são indiferentes às atitudes e reações dos outros.
Esse subtipo dissimulado costuma exibir entusiasmo de curta duração pelas coisas da vida, comportamentos imaturos de contínua buscas de sensações. Seguindo as características básicas e comuns à todos os psicopatas, o dissimulado também tende a conspirar, mentir, a ter um enfoque astuto para com a vida social, a ser calculista, insincero e falso. Muito provavelmente ele não admite a existência de qualquer dificuldade pessoal ou familiar, e exibe um engenhoso sistema de negações. As dificuldades interpessoais são racionalizadas e a culpa é sempre projetada sobre terceiros.
A contundente falsidade é a característica principal deste subtipo. O Psicopata Dissimulado age com premeditação e falsidade em todas suas relações, fazendo tudo o que for necessário para obter exatamente o que querem dos outros. Por outro lado, em diferentemente do Psicopata Carente de Princípios ou do Psicopata Malévolo, parece desfrutar prazerosamente do jogo da sedução, obtendo excitação nas conquistas.
Mesmo aparentando intenções de proteger certas pessoas, o Psicopata Dissimulado é frio, calculista e falso, caracterizando mais ainda um estilo fortemente manipulador. Essa característica pode ser conseqüência da convicção íntima de que ninguém poderá amá-lo ou protegê-lo, a menos que consiga manipular a todos. Apesar de reconhecer que está manipulando seu entorno social, tenta convencer aos outros de que suas intenções são boas e que suas atitudes são, no mínimo, bem intencionadas.
Quando as pessoas com esse tipo de psicopatia são pressionadas ou confrontadas, sentem-se muito encabulados e suas reações oscilam entre a explosão agressiva e vingança calculista. A característica afabilidade dos Psicopatas Dissimulados é superficial e extremamente precária, estando sempre predispostos a depreciarem imediatamente a qualquer um que represente alguma ameaça à sua hegemonia, chegando mesmo a perderem o controle e explodirem em cólera.
***
É muito difícil levar estas pessoas ao médico, pois elas não se percebem doentes, então procure um psiquiatra e converse com ele sobre o que pode ser feitoO
Temos o errôneo conceito de que um psicopata é somente aquele que mata em série ou aquele que sempre mata.
Na verdade não é assim, existem diversos subtipos de psicopatas que não chegam a matar ou mesmo a ter comportamentos que identifiquem sua doença facilmente.
O que pretendo aqui é, apenas, mostrar que podemos estar ao lado de um sem percebermos.
Apenas um MÉDICO, pode diagnosticar este doente e ajudá-lo. A única ajuda que podemos dar é levá-lo ao psiquiatra para que este, com sua competência, possa tratar este paciente, antes que ele faça um estrago maior à sua família e aos que lhe cercam.
Antes de julgar uma pessoa agressiva, impulsiva e dissimulada de "genioso, mal educado, tirano etc" obseve-o para poder ajudá-lo.
O texo que colocarei aqui é do psiquiatra Dr. Ballone:
( http://www.psiqweb.med.br/forense/border2a.html)
 

Um comentário:

  1. Querida, eu gostaria de um conselho. Conheci recentemente um jovem de 30 anos, tivemos um contato de 15 dias, como ele havia sido demitido do emprego no dia que nos conhecemos, (digo isto porque investiguei e realmente era verdade), acredito que ele precisava com urgência de alguém para dar outro golpe, e tentou investir em mim. Mas, descobri que tínhamos uma amiga em comum e ele logo deixou claro q não queria minha aproximação com ela, logo desconfiei. Uma série de atitudes me deixou desconfiada, apesar de adimitir q ele conseguiu me seduzir. Mas acredito q ele percebeu minha insegurança com relação a ele, fez uma viajem e lá investiu em outra vítima, e então terminou cmg sem dó e piedade, mto grosso por sinal. Logo depois, passei a investigar mais e descobri através dessa amiga q ele vive a dar golpes em mulheres, sugar, deixa-las com nome sujo, é nômade, não fixa em emorego, não gosta de trabalhar, não fixa em cidade... então tudo foi se encaixando. Ele não faz idéia, mas hj sei quem é a pessoa q ele está prestes a dar um novo golpe. E sinto-me mal em não fazer nada para ajudar. Quero um conselho. Sei q não adianta falar nada c ele. Mas vc acha q eu deveria alerta-la sobre a doença dele? Me ajude.

    ResponderExcluir